Percepções dos estudantes de enfermagem sobre o processo de morte e morrer [Perceptions of nursing students about the process of death and dying]

Camila Leal de Sousa, Amanda Rodrigues Faria

Resumo


A morte é uma realidade e certeza para todos, mas em nossa sociedade tornou-se um tabu. Esse processo se deu através dos anos com a sua passagem do seio familiar para o hospitalar. Nesse novo espaço novos personagens se somam para enfrentar e vivenciar a morte: os profissionais de saúde. Este artigo teve como objetivo conhecer as percepções e experiências dos estudantes de enfermagem perante o processo de morte e morrer. A coleta de dados se deu através de uma entrevista semi-estruturada com os alunos que cursavam o 8º Semestre em uma instituição privada do DF, em 2010, a coleta ocorreu após ser aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da referida instituição. A pesquisa teve caráter qualitativo, onde os depoimentos de 6 estudantes foram transcritos e analisados, com base na análise de conteúdo, que por fim, resultaram quatro categorias temáticas: I) Dificuldade e negação da morte; II) Gerenciamento emocional diante da morte e do morrer; III) Preparo para a morte e o morrer; IV) Ansiedade com a realidade de futuras mortes. Conclui-se que os graduandos não se sentem preparados para lidar com o processo de morte e morrer e tendem a negar a situação. Além disso, os mesmos apontam a necessidade de ter um maior preparo acadêmico sobre o tema de forma a auxiliar o autoconhecimento e a aceitação individual.

 

ABSTRACT - Death is a reality and a certainty for all, but in our society has become a taboo. This process occurred through the years with their transition from the family middle to the hospital context. In this new place new characters add themselves to meet and to face the experience of the death: the health professionals. This article aims to understand the perceptions and experiences of nursing students in front of the process of death and dying. The data collection was through a semi-structured interviews with students who attended the 8th Semester in a private institution on DF, 2010, the data collection happened after being approved by the Research Ethics Committee from the referred institution. The research was qualitative and whose six students testimonies were transcribed and analyzed based on content analysis, which ultimately resulted in four themes: I) Difficulty and denial of death; II) emotional management in the face of death and dying; III) Prepare for death and dying IV) Anxiety with the reality of future deaths. We conclude that graduating students feel unprepared to deal with death and dying process and tend to deny the situation. Besides, they point to the need for greater academic preparation about the subject in order to assist the individual self and acceptance.

Keywords: Death; Thanatology; Perception; Students, Nursing; Attitude to Death


Palavras-chave


Morte; Tanatologia; Percepção; Estudantes de enfermagem; Atitude Frente a Forte

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.