O movimento LGBT e a bioética crítica de inspiração feminista: convergências e potencialidades

Ana Luísa Remor da Silva, Mirelle Finkler

Resumo


As conquistas dos direitos humanos referentes à população LGBT encontram-se em constante ameaça pelo embricamento sócio-político-religioso que dificulta a concretização de um estado laico e democrático. Esta população vivencia diversas formas de discriminação e violência que influenciam negativamente a qualidade de vida como um todo. Neste contexto, a bioética pode ser um importante instrumento de reflexão que convoca à intervenção no âmbito políticossocial. Porém, não seria qualquer vertente da bioética, pois, em sua origem, também compartilhou de uma lógica sexista, machista que por muito tempo direcionou seu olhar a partir de uma perspectiva heteronormativa, patriarcal e cisnormativa. Com um ideal revolucionário e crítico, a bioética feminista vem sendo construída como um aparato teórico-prático que propõe a quebra de padrões excludentes, dando foco a pessoas em situação de vulnerabilidade. Sendo assim, por meio de uma revisão crítica da literatura, buscou-se analisar como a bioética crítica de inspiração feminista e os movimentos LGBTs podem ser articulados e aliados, a fim de promover um empoderamento e fortalecimento mútuo. Ambos movimentos compartilham características marcantes como a luta contra a desigualdade de gênero e pela quebra de padrões sociais excludentes, e a ênfase no discurso da cidadania como uma estratégia para conquista da universalidade de direitos. A Bioética Feminista é provida de uma firme base teórica crítica para questões éticas do cotidiano, que pode e deve ser utilizada para auxiliar na conquista dos direitos da população LGBT, contribuindo também para uma sociedade mais digna, justa e mais ética. Entende-se que a aproximação entre a Bioética Feminista e os movimentos LGBT seria um modo de promover legitimidade e empoderamento mútuo.

Palavras-chave


Bioética; Feminismo; Gênero; Vulnerabilidade Social; Direitos Humanos.

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.