As hestórias patográficas como forma de relato de pesquisa de campo (The Patographic History as a form of field research report)

Douglas Francisco Kovaleski, Sérgio Fernando Torres de Freitas, Carlos Botazzo

Resumo


O presente estudo apresenta uma técnica de relato de pesquisa de campo, denominado hestória patográfica, que é especialmente dedicada às entrevistas, onde a transcrição das fitas é utilizada parcialmente, dando lugar ao relato vivo do pesquisador, intercalado por falas dos indivíduos entrevistados. O objetivo deste estudo é apresentar esta técnica a partir da pesquisa de campo realizada na dissertação intitulada: "A disciplinarização da boca: das tecnologias do eu ao regime de vida", de autoria do primeiro autor deste escrito. Hestória patográfica é a fusão dos conceitos de hestória clínica de Castiel que une as dimensões factuais e ficcionais da história clínica - e de Lain Entralgo - de patografia, que propõe a descrição do doente e sua vida para além dos aspectos clínicos. Este artigo apresenta uma hestória patográfica na íntegra, em seguida faz a categorização da mesma forma que foi realizado no trabalho original. A hestória patográfica constitui-se ferramenta aplicável, adequada e sugere um aprofundamento da compreensão da experiência vivida na pesquisa de campo da pesquisa qualitativa em saúde.

 

ABSTRACT – This study presents a field research technique report known as the patographic history, which is used in interviews where the transcription of the tapes is partially used and meshed with the live report of the researcher and statements of the interview subject. The aim of this study is to present this technique based on the field research developed in the Master of Science thesis entitled "The disciplining of the mouth: from the technologies of the self to the life regimen", written by the first author of this article. The patographic history is the fusion of the clinical history of Castiel, which unites the factual and fictional dimensions of the clinical history, and patography - from the Lain Entralgo - which proposes the description of the sick individual and his life beyond the clinical aspects. This study illustrates a complete patographic history and its categorization from the original study. The patographic history constitutes a reliable and adequate tool that suggests a depth of comprehension of the lived experience in the field of qualitative research in health.

Keywords: Public Health; Qualitative Research; Communication Methods, Total


Palavras-chave


Saúde Pública; Pesquisa Qualitativa; Métodos de Comunicação Total

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.