O que importa? As Pesquisas Brasileiras no Campo da Saúde e as (In)visibilidades das Travestis e Transexuais

Gustavo Antonio Raimondi, Danilo Borges Paulino, Flavia do Bonsucesso Teixeira

Resumo


A presente pesquisa utilizou a Revisão Bibliográfica Sistematizada Descritiva, dividida em três fases: de identificação, de seleção e de inclusão/interpretação. Estabelecemos inicialmente como recorte temporal o ano de 1997, reconhecendo o marco da publicação da Resolução CFM nº. 1.482/97 para atenção em saúde para as pessoas transexuais. Os termos de busca aplicados foram “transexual”, “travesti”, “transgênero” e “saúde”. Foram utilizadas as bases de dados virtuais Scielo, PubMed e Lilacs. O período de pesquisa segue o intervalo definido pelos pesquisadores de 1997 até 2014, incluindo os idiomas Português e Inglês, tendo como recorte o cenário nacional. O universo inicial dessa revisão foi constituído por 337 trabalhos, entre teses, dissertações e artigos científicos. Após a exclusão dos duplicados, houve uma redução para 279, que foram analisados de acordo com os critérios de inclusão e exclusão, resultando em 74 trabalhos. Ao analisar as produções acadêmicas nas modalidades tese e dissertação no período de 1997 a 2014, identificamos que as produções sobre a transexualidade datam do início deste século. A análise temática das dissertações, teses e artigos permitiu agrupá-los identificando um cenário no qual a problematização do conceito de transexualidadeparece apontar para a necessidade da ampliação da assistência e cuidado em saúde. Sem estabelecer um parâmetro de causalidade, as discussões identificadas nas teses e dissertações parecem afetar os movimentos sociais (e serem afetadas por eles), e suas relações no campo da saúde, quando incorporam conceitos como empoderamento e controle social, principalmente ao questionar o diagnóstico da transexualidade. Diante dos resultados, pode-se dizer que o deslocamento conceitual da transexualidade e a incorporação das reflexões produzidas no campo das ciências humanas sobre as práticas médicas são marcadores significativos da presente pesquisa.


Palavras-chave


Revisão; Travesti; Transexual; Saúde;

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.