Atenção Integral à Saúde do Homem: Estratégias utilizadas por Enfermeiras(os) nas Unidades de Saúde da Família do interior da Bahia

Michelle Araújo Moreira, Camila Nunes Carvalho

Resumo


RESUMO

Os princípios e diretrizes da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) tinham a intencionalidade de provocar modificações impactantes sobre a saúde dos homens, tornando-os protagonistas de seu próprio cuidado, a partir da resolutividade das suas demandas e necessidades de modo contínuo e progressivo. Trata-se de um estudo qualitativo, com abordagem exploratória e descritiva. O lócus do estudo foram quatro Unidades de Saúde da Família (USF), especificamente a USF Antônio Menezes, USF Elson Duarte, USF João Monteiro e USF Simão Fitterman, implantadas no município de Itabuna-Bahia. Os sujeitos do estudo foram enfermeiras(os) que estivessem lotadas nas USF selecionadas. Os dados foram coletados a partir de entrevista semiestruturada com aplicação de um roteiro contendo a caracterização sociodemográfica da entrevistada e questões norteadoras abertas. Na análise dos dados, evidenciou-se que são limitadas as estratégias para a atenção integral à saúde do homem realizadas pelas(os) enfermeiras(os) nas USF, demonstrando que a PNAISH ainda não alcançou mudanças relevantes no que tange á saúde masculina e não vêm contemplando o seu público alvo, representado por homens jovens. Concluiu-se que os resultados do estudo irão proporcionar pensamento crítico-reflexivo dos gestores, profissionais de saúde, especialmente enfermeiras(os) para que estratégias de atenção à saúde do homem sejam realizadas, transpondo as barreiras que impedem ou dificultam a adesão masculina nos serviços de saúde.

Palavras-chave: Saúde do Homem; Política Nacional de Saúde; Enfermeira.


Palavras-chave


Saúde do Homem; Política Nacional de Saúde; Enfermeira

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.