A atuação da equipe de enfermagem no enfrentamento aos riscos ocupacionais

Vanesa Nalin, Rita Maria Trindade Rebonato

Resumo


Resumo

Na agricultura familiar observam-se intensas mudanças nos processos produtivos associados à intensidade da produção, à diminuição do número de indivíduos no meio rural do pessoal ocupado nessas atividades, à variação de atividades e a reorganização da mulher no mercado de trabalho, nos mais diversos setores da economia. Nesse contexto, identifica-se a maior necessidade de atenção para este público, verificando quais as percepções das trabalhadoras quanto aos riscos ocupacionais a que estão expostas ao cotidiano da atividade leiteira, bem como a assistência á saúde disponibilizada pela rede municipal de saúde na sua realidade. Trata-se de uma pesquisa qualitativa tendo como delineamento pesquisa-ação. O público alvo deste estudo foram os profissionais das Estratégias de Saúde da Família. Foi realizada uma entrevista semiestruturada com os profissionais de saúde das duas Estratégias de Saúde da Família, onde participaram do estudo as duas médicas, duas enfermeiras, duas técnicas de enfermagem e dez agentes comunitários de saúde. Percepção da Equipe da Estratégia de Saúde da Família sobre os riscos ocupacionais. Através das entrevistas tornou-se possível identificar a relação entre os riscos ocupacionais e a saúde da população, buscando estratégias de redução dos riscos ocupacionais na atividade, permitindo destacar a real atuação dos profissionais na saúde da população, identificando as principais dificuldades presentes na atuação dos profissionais neste meio. A educação popular não é apenas uma educação para o povo, mas sim uma responsabilidade dos profissionais que possuem contato direto com esse público.

Abstract: On family farms are observed intense changes in production processes associated with the intensity of production, the decrease in the number of individuals in rural persons employed in these activities, the variation of activities and the reorganization of women in the labor market in various sectors the economy. In this context, we identify the need for greater attention to this public by checking the perceptions of workers regarding occupational risks they are exposed to everyday dairy farming, as well as to health care provided by municipal health in their reality . This is a qualitative research design having as action research. The target audience for this study were professionals Strategies for Family Health. One semistructured interviews with health professionals of the two Strategies for Family Health, where two nurses, two nursing techniques and ten community health workers participated in the study the two doctors was held. Perception of the Family Health Strategy Team on occupational risks. Through the interviews it became possible to identify the relationship between occupational hazards and health of the population, seeking strategies to reduce occupational risks in the activity, allowing highlight the real work of professionals in the health of the population, identifying the main problems present in the performance of professionals in this medium. Popular education is not only an education for the people, but a responsibility of professionals who have direct contact with the public.

Keywords: Nursing. Work. Occupational Risks.


Palavras-chave


Enfermagem. Trabalho. Riscos Ocupacionais.

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.