As relações entre apoio institucional e democratização institucional: um método para o trabalho do apoiador da Política Nacional de Humanização

Carlos Alberto Severo Garcia Júnior

Resumo


O presente trabalho versa sobre as relações entre apoio institucional e democratização institucional, tem o objetivo de analisar o método desenvolvido para o trabalho do apoiador da Política Nacional de Humanização (PNH) no Estado de Santa Catarina. São apresentados alguns delineamentos conceituais referentes ao campo da saúde coletiva, especialmente, a cogestão e o apoio institucional e, posteriormente, instigando algumas considerações sobre o “fazer apoio” e suas implicações na democratização institucional. Por fim, destacam-se os territórios inacabados como possibilidade de produções coletivas, dependentes de interconexões entre equipamentos (unidades de saúde) e os atores envolvidos, residindo nesses encontros à potência na produzir uma nova institucionalidade para a saúde.


Palavras-chave


Humanização dos serviços; Apoio ao Planejamento em Saúde; Gestão em Saúde

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.