Etnografia da cracolândia: notas sobre uma pesquisa em território urbano [Ethnography of Crackland: notes about a research in urban territory]

Rubens Camargo Ferreira Adorno, Taniele Rui, Selma lima da Silva, Paulo Artur Malvasi, Maria da Penha Vasconcellos, Bruno Ramos Gomes, Tiago Calil Godoi

Resumo


O artigo apresenta a pesquisa realizada na cracolândia, São Paulo, entre 2011 e 2012, destacando a importância da etnografia para a pesquisa sobre usos e consumos de drogas, especificamente do crack e aponta para a necessidade de discutir e articular etnografias e aporte metodológico para os estudos sobre drogas e populações vulneráveis, visando a formulação de um amplo campo compreensivo e crítico à saúde pública, a partir de questões sociais como temáticas urbanas, territoriais, expressão das cidades globais contemporâneas e suas intrincadas relações entre o Estado e suas margens, o legal e o ilegal.

 

ABSTRACT - Based upon the results of a research carried out in ‘cracolândia’, in São Paulo, between 2011 and 2012, the importance of ethnography for researching drug use, specifically crack cocaine, is analyzed. The need of a broader articulation of ethnography and methodological inputs in studies on drug abuse and vulnerable populations is emphasized, in order of create a critical thought in public health field, able to deal with contemporary issues, such as urban themes, territories, contemporary global cities and its intricate relations with the State and its borders, the legal and the illegal.

Keywords: Ethnography; Cracolândia; State; Social borders.


Palavras-chave


Etnografia; Cracolândia; Estado; Margens Sociais

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.