O lúdico na reabilitação de pessoas com doença arterial coronariana [The ludic in the rehabilitation of people with coronary artery disease]

Albertina Bonetti, Denise Maria Guarreiro Vieira da Silva, José Luis Medina, Grace Dal Sasso, Mercedes Trentini

Resumo


O estudo objetivou verificar a influência do Programa de Vivências Corporais Lúdicas, exercidas sobre o condicionamento físico e sobre os sentimentos e percepções dos movimentos corporais de pessoas com Doença Arterial Coronariana. O estudo é de natureza quanti-qualitativa. Na dimensão quantitativa utilizou-se o desenho préexperimental denominado Grupo Único de Pré-teste e Pós-teste e a qualitativa foi utilizado o delineamento descritivo. Dezesseis pessoas participaram do estudo. Os dados quantitativos foram coletados mediante exames laboratoriais, teste de esforço físico, medidas antropométricas, medidas das dobras cutâneas e flexibilidade. Os qualitativos foram obtidos pelas entrevistas semi-estruturadas. Os dados quantitativos foram analisados pela estatística descritiva e a estatística inferencial. Os qualitativos pela utilização do software Atlas ti. O Programa promoveu mudanças discretas em algumas variáveis mensuradas tais como: medidas antropométricas, exames laboratoriais e teste de esforço físico e mudanças significativas nas Dobras Cutâneas (Subescapular e Suprailíaca) e na flexibilidade. O programa ajudou as pessoas com DAC a amenizar seus momentos de solidão; a aumentar o conhecimento de si; a diminuir os níveis de tensão; romper com movimentos estereotipados e mecanizados para a prevenção e reabilitação dando um novo sentido ao “se-movimentar”. O estudo mostrou que as Vivências Lúdicas contribuem na prevenção e reabilitação de pessoas com Doença Arterial Coronariana.

 

ABSTRACT - The study intended to assess the influence of the Ludic Corporal Experiences Program on physical fitness, and upon feelings and body movement perception in people with Coronary Artery Disease. The study is quanti-qualitative. Quantitatively, the preexperimental design was a pretest-posttest single group, and qualitatively, descriptive delineation was used. Sixteen people took part in the study. Quantitative data were collected through laboratory exams, physical strength tests, anthropometric measurements, skinfold thickness and flexibility; qualitative by semi-structured interviews. Quantitative data were analyzed through descriptive and inferential statistics, and qualitative data through the Atlas ti software. The program produced small changes in some of the measured variables such as anthropometric measurements, laboratory exams and physical strength tests, and significant changes in skinfold thickness (subscapular and suprailiac) and flexibility. The program also helped persons with CAD soften their moments of loneliness; increase their self-knowledge; lower their tension levels; break free from stereotyped, automatic movements for prevention and rehabilitation, giving a new meaning to the notion of movement. The study shows that Ludic Experiences contribute to prevent and rehabilitate people with Coronary Artery Disease.

Keywords: Coronary Artery Disease; Exercise; Health


Palavras-chave


Doença da Artéria Coronariana; Exercício; Saúde

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.