Educação em saúde bucal como tecnologia social para o envelhecimento saudável [Oral health education as a social technology for healthy aging]

Ana Lucia Schaefer Ferreira de Mello, Graziela Mayra Vieira Medaglia

Resumo


Objetivou-se compreender as ações de educação em saúde, com foco na saúde bucal, como tecnologia social, orientadas a promoção do envelhecimento saudável e ativo, em um município de pequeno porte.  A investigação foi realizada no âmbito do marco teórico metodológico da pesquisa-ação. A intervenção foi realizada em 2 grupos de convivência para idosos do município de Antonio Carlos (SC). Os idosos participaram de uma série de 3 encontros nos quais foram realizadas atividades educativas em saúde bucal. Procurou-se aplicar, em cada encontro, metodologias ativas fundamentadas na construção compartilhada do conhecimento, a partir de experiências vivenciadas e dos saberes dos próprios idosos. A dimensão qualitativa de avaliação das ações educativas foi realizada por meio de entrevista aberta individual com 10 idosos. A análise das falas resultou na elaboração de cinco categorias, descritas a seguir: Atividades de educação em saúde como possibilidade de aprendizado para o idoso; Atividades educativas em saúde no contexto dos grupos de convivência para idosos; O valor da saúde bucal na expressão dos idosos; Educação em saúde bucal para idosos: abordagem e seleção das temáticas; Mudança de hábitos e compartilhamento do conhecimento.  A realização da intervenção promoveu espaços de aprendizado compartilhado e a reflexão sobre as práticas relacionadas à educação em saúde bucal, construídas coletivamente com os idosos.

 

ABSTRACT - This study aimed to understand health education actions, with a focus on oral health, as a social technology, aimed at promoting healthy and active aging, in a small city. The research was conducted within the theoretical and methodological framework of action research. The intervention was performed in 2 community groups of elderly in the municipality of Antonio Carlos (SC). The elderly participated in a series of 3 meetings in which were conducted oral health educational activities. It was applied, in every meeting, active methodologies grounded in shared construction of knowledge, based on the experiences of the elderly themselves. The qualitative dimension of assessment was conducted through open interviews with 10 elderly participants. The speeches analysis resulted in five categories: Health education activities as a learning opportunity for the elderly, Health education activities in the context of community group of elderly, The value of oral health according to the elderly expression; Oral health education for the elderly: approach and selection of themes; Changing habits and knowledge sharing. The intervention promoted shared learning spaces and reflection on practices related to oral health education, built collectively with the elderly.

Keywords: Oral Health; Elderly; Health Education


Palavras-chave


Saúde Bucal; Idoso; Educação em Saúde

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.