Percepção de usuários da atenção primária sobre a Estratégia de Saúde da Família [Perception of the primary care’s users about Family Health Strategy]

Loeste de Arruda Barbosa, Cleide Correia de oliveira, Ticiano Magalhães Dantas

Resumo


A estratégia de Saúde da Família (SF) já está consolidada no Brasil estando com quase duas décadas de atuação. O seu fortalecimento é bastante influenciado pela participação da população nesse processo, que por sua vez, está intimamente ligada às percepções que ela tem desse serviço. Objetivou-se conhecer as percepções dos usuários da Atenção Primária sobre a SF. Estudo descritivo de abordagem qualitativa. Participaram 25 usuários de 5 unidades básicas de saúde da família da cidade de Crato-CE. Aplicou-se entrevista semi-estruturada e gravada para coleta do material empírico. Obedeceu-se aos aspectos éticos que envolvem estudos com humanos. Os dados foram analisados com técnica de conteúdo categorial que permitiu a identificação de temas e construção das seguintes categorias: (1) Percepção Sobre a Estratégia de Saúde da Família e (2) Preferência dos Usuários Quanto Aos Serviços de Saúde, cada uma com suas respectivas subcategorias. Evidenciou-se que ainda há pouco entendimento sobre a SF e uma percepção dela como assistência para pobres, com valorização excessiva de consultas médicas apoiada na visão curativista e na aquisição de medicamentos. Encontrou-se também que existe uma forte percepção de superioridade da assistência hospitalar em relação à SF fundamentada principalmente na complexidade da assistência. Nesse sentido, os resultados mostram que o usuário não compreende bem o que é e, tão pouco, a que se propõe a SF, exibindo ainda uma forte preferência ao sistema hospitalar. Assim, os usuários permanecem ainda bastante influenciados pelas ideias do modelo biomédico de saúde.

 

ABSTRACT - The Family Health Strategy (FH) is consolidated in Brazil with almost two decades of operation. The strength of the FH is strongly influenced by people's participation in this process which is closely related to the perception. This study Aimed to know the perceptions of the users about Primary Health about FH. This is a qualitative and descriptive study carried out in 5 Family Health Units with 25 users of the FH. Semi-structured interview was applied and recorded. Its complied the ethical aspects involving studies with humans. The data were organized and categorized based on technique of thematic content analysis. that allowed the identification of themes and construction of the following categories: (1) Perception of the Family Health strategy and (2) Preference of Users Concerning Health Services, each one with their respective subcategories. It was evident that there is still a small understanding of the users about the FH and a perception of it as assistance to poor, There was an excessive appreciation of medical care, supported by the curative vision and the acquisition of medicines. It was also found that there was a strong sense of superiority of hospital care in relationship to the FH, It is based mainly on the complexity of care. This results show that the majority of the user does not understand what is the FH neither its proposition, and still showing a strong preference to the hospital system. Thus, the user still remains heavily influenced by the ideas of the biomedical model of health.

Keywords: Primary Healh care; Family health; User; Perception


Palavras-chave


Atenção Primária à saúde; Saúde da Família; Usuário; Percepção

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.