Uso Racional de Medicamentos no âmbito da Estratégia da Saúde da Família: qual o entendimento e prática dos profissionais de saúde? [Rational Use of Drugs in the Family Health Strategy, which the understanding and practice of health professionals?]

Alexandra Crispim Boing, Simone C. Fernandes, Mareni Rocha Farias

Resumo


Descrever o entendimento dos profissionais de saúde de duas unidades locais de saúde de Florianópolis-SC, acerca do Uso Racional de Medicamentos. O presente trabalho é um estudo de caso, onde foram realizadas entrevistas com profissionais da saúde. As entrevistas tiveram como apoio um questionário semi-estruturado e foram gravadas. Foram entrevistados 23 profissionais de saúde. Observou-se que as condutas dos profissionais se mostrou promotora do uso racional de medicamentos, com ressalvas a alguns profissionais que prescrevem segundo laboratórios, desinformação sobre o assunto e mais efetividade do trabalho da farmácia na condução da informação e discussão crítica sobre o uso racional de medicamentos.

 

ABSTRACT - To describe the understanding of health professionals from two local health units in Florianopolis-SC, on the Rational Use of Drugs. This study is a case study where interviews were conducted with health professionals. The interviews had to support a semi-structured questionnaire and were recorded. We interviewed 23 health professionals. We found that professionals' behavior showed that promotes rational drug use, with exceptions to some professionals who prescribe second laboratory, misinformation on the subject and more effective work of the pharmacy in the conduct of information and discussion about the use rational drug.

Keywords: Rational Use of Medicines; Strategy of Family Health Care; Delivery of Health Care


Palavras-chave


Uso Racional de Medicamentos; Estratégia da Saúde da Família; Assistência à Saúde

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.