Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem na cidade de Manaus [Burnout syndrome in nursing professional in the city of Manaus]

Juliana Cohen, Jackeline Oliveira Silva, Luiza Augusta Queiroz Marques, Marilise Katsurayama

Resumo


Profissionais de enfermagem são expostos diariamente ao contato com pacientes tensos e ansiosos, extensa jornada de trabalho e muitas vezes atuam em condições desfavoráveis, possibilitando o desenvolvimento da Síndrome de Burnout – processo que apresenta como componentes o esgotamento emocional, a despersonalização e a falta de realização pessoal no trabalho. Em vista disso, esta pesquisa teve como objetivo investigar a Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem na cidade de Manaus, verificando o índice de acometimento e os fatores que contribuem para o desgaste. Estudo descritivo com integração de métodos quantitativos e qualitativos, desenvolvido com 40 profissionais, sendo 20 de um hospital particular e 20 de um hospital público. Na primeira etapa aplicou-se o questionário sociodemográfico e o Maslach Burnout Inventory (MBI); na segunda, a entrevista semiestruturada. Os resultados indicaram que não houve incidência de Burnout nas populações estudadas, entretanto verificou-se classificação alta para EE e baixa para RP no particular e baixa para DE e alta para RP no público. Sobrecarga, desvalorização, desentendimento, falta de autonomia e expectativas não atingidas surgiram nos relatos como fontes de desgaste psíquico. Estudos sobre essa síndrome tornam-se indispensáveis para o desenvolvimento de estratégias que possam atenuar os prejuízos encontrados e prevenir o aparecimento de outros.

 

ABSTRACT - Nursing professionals are exposed to daily contact with patients tense and anxious, long working hours and often work under unfavorable conditions, enabling the development of Burnout Syndrome - a process which has as components the emotional exhaustion, depersonalization and lack of personal accomplishment at work. As a result, this study aimed to investigate the burnout syndrome in nursing professionals in the city of Manaus, checking the index of involvement and experiences that contribute to wear. A descriptive study with integration of quantitative and qualitative methods, developed with 40 professionals, 20 from a private hospital and 20 from a public hospital. In the first step we applied the sociodemographic questionnaire and the Maslach Burnout Inventory (MBI) in the second, the semistructured interview. The results indicated that there was no incidence of burnout in the populations studied, however there has been rated high EE and low for RP in particular for ED and low and high for RP in public. Overhead, depreciation, misunderstanding, lack of autonomy and expectations are not met appeared in the reports as sources of psychological wear. Studies of this syndrome are indispensable for the development of strategies to mitigate the damage found and prevent the appearance of others.

Keywords: Burnout; Professional; Nursing Team; Occupational Health


Palavras-chave


Esgotamento Profissional; Equipe de Enfermagem; Saúde do Trabalhador

Texto completo:

PDF/A


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.