TERRITÓRIO NO ENSINO DE GEOGRAFIA: algumas considerações sobre a mediação pedagógica com o Google Earth

Daniel Rodrigues silva luz neto, Lineu Aparecido Paz e Silva Aparecido Paz e Silva

Resumo


O objetivo desse trabalho é compreender a construção do conceito de território mediada pelo Google Earth nos anos finais do ensino fundamental. Parte-se de uma pesquisa qualitativa, uma vez que se trata de pesquisa aplicada na área de educação, e é composta por três etapas: (1) exploratória – atuação em campo e análise –; (2) síntese e; (3) produção do trabalho final. A ideia da problemática da pesquisa, qual seja, o uso, por parte dos professores do software Google Earth nos anos finais do Ensino Fundamental, surgiu da necessidade de ressignificação das práticas pedagógicas, em virtude de lacunas que a formação universitária, hoje, no geral, não cobre. Assunto esse que se relaciona com as leituras e discussões realizadas no Grupo de Ensino, Pesquisa e Formação de professores de Geografia na Universidade de Brasília-DF. A escolha da escola “A” da rede pública foi baseada nas características socioespaciais das áreas periféricas, uma vez que se trata de lócus que requer maior atenção por parte dos docentes. Acredita-se que o Google Earth é uma ferramenta de grande potencialidade para a construção do conceito de território, e, no entanto, constatou-se, inicialmente, que seu uso por parte dos docentes na escola “A” é escasso e, por vezes, nenhum, o que se justifica por fatores que dizem respeito tanto à estrutura física, à formação inicial e continuada, bem como à escolha teórico-metodológica do docente.

Palavras-chave


Educação; Tecnologias; Google Earth; Mediação; Território.

Texto completo:

PDF/A

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Ampliação do ensino fundamental para nove anos: 3º relatório do programa / Secretaria de Educação Básica. – Brasília: Ministério da Educação, 2006.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CAVALCANTI, Lana de Souza. A Geografia e a realidade escolar contemporânea: avanços, caminhos, alternativas. Anais do I Seminário Nacional: Currículo em movimento –Perspectivas Atuais. Belo Horizonte, p. 1-13, 2010.

______. O ensino de geografia na escola. Campinas (SP): Papirus, 2012.

DISTRITO FEDERAL (Ente Federativo). Anuário Estatístico do Distrito Federal. Secretaria do Governo, 2016. Disponível em: . Acesso em: 09 dez. 2016.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 52. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

FREITAS, Tânia Maria de. A expansão urbana no Distrito Federal e a dinâmica do mercado imobiliário: o caso do Gama. 135 p. (UnB-GEA, Mestrado em Gestão Ambiental e Territorial, 2013). Dissertação de Mestrado – Departamento de Geografia, Universidade de Brasília.

HAESBAERT, Rogério; GONÇALVES, Carlos Walter Porto. A nova des-ordem mundial. São Paulo: Unesp, 2006.

LEITE, Cristina Maria Costa. Geografia no Ensino Fundamental. Universidade de Brasília/Departamento de Geografia, Coleção Espaço e Geografia, v. 5, n. 2, 2002.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. Trad. de Carlos Ireneu da Costa. São Paulo: Ed. 34, 1999. 264p.

MARTINS, Luciana Junqueira; SEABRA, Vinicius da Silva; CARVALHO, Vânia Salomon Guaycuru de. O uso do Google Earth como ferramenta no ensino básico da Geografia. Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), v. 16, p. 2657-2664, 2013.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 28.ed. Petrópolis (RJ): Vozes, 2009.

RAFFESTIN, Claude. Por uma geografia do poder. Trad. de Maria Cecília França. São Paulo: Ática, 1993.

PAVIANI, Aldo. Brasília 50: da capital a metrópole. Brasília: Ed. UnB, 2010.

SILVEIRA, Denise Tolf. Pesquisa cientifica. In: GERHART, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolf (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2009.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. Técnica e tempo. Razão e Emoção. 4.ed. São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo, 2014.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil, território e sociedade no início do Séc. XXI. 9. ed. São Paulo: Record, 2006.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização. 25. ed. Rio de Janeiro: Record, 2015.

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e formação profissional. 14. ed. Petrópolis (RJ): Vozes, 2012.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A Formação Social da Mente. Trad. José Cipolla Neto e outros. 1991.

______. Pensamento e Linguagem. Trad. Jeferson Luiz Camargo. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 PESQUISAR – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Pesquisar - Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2359-1870

v. 4, n. 6, nov. 2017.