SÓ A RETOMADA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, NÃO O AJUSTE FISCAL PERPÉTUO, PODE SALVAR O BRASIL DO COLAPSO

José Oreiro

Resumo


Este artigo tem por objetivo mostrar que a agenda econômica relevante e urgente para o Brasil atual é a retomada do desenvolvimento econômico, sem o qual não só nenhum ajuste fiscal será sustentável no médio e longo-prazo, como também não será possível garantir um mínimo de coesão social e estabilidade política no país, com um sério risco de deflagração de uma guerra de secessão.

Palavras-chave


Desenvolvimento econômico; ajuste fiscal; Brasil; Governo Bolsonaro.

Texto completo:

PDF/A

Referências


CHANG, Ha-Joon. Chutando a Escada: a estratégia de desenvolvimento em perspectiva histórica. Editora da Unesp: São Paulo, 2003.

GALA, Paulo. Complexidade Econômica. Contraponto: Rio de Janeiro, 2017.

HIDALGO, César. Why Information Grows: the evolution of order, from atoms to economics. Basic Books: Nova Iorque, 2015.

LISBOA, Marcos. “Começo”. Folha de São Paulo, 24 de Fevereiro, 2019.

OREIRO, José Luis. A Grande Recessão Brasileira: diagnóstico e uma agenda de política econômica. In: Revista Estudos Avançados, v. 31, n. 89, 2017.

___________. “Só a Retomada Salva o País”. Valor Econômico, Caderno Eu & Fim de Semana, p. 22-24, 2019a.

___________. E Depois do Supermultiplicador? Qual o futuro da teoria do crescimento puxado pela demanda agregada?, 2019b. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2019.

RODRIK, Dani. The Past, Present and Future of Economic Growth. In: Global Citizen Foundation, Working Paper 1, jun. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.