VERIFICANDO A HIPÓTESE DA DESINDUSTRIALIZAÇÃO PELA ÓTICA DA PAUTA DE IMPORTAÇÃO E CÂMBIO

Nelsivan Gonçalves Bispo, Rafael Cardoso Cunha, Luciano Ricardo Menegazzo

Resumo


Este artigo discute a hipótese de desindustrialização no Brasil a partir de indicadores não usualmente encontrados na literatura com base em dados sobre as importações e o câmbio. No compêndio geral, onde se faz um apanhado dos debates ao longo do tema, dados relativos à produção por intensidade tecnológica e emprego apontam que o setor manufatureiro ainda é importante, contrariando a maioria das conclusões. Mostra-se, por conseguinte, a visão de que o câmbio é uma variável importante no desempenho da indústria tanto para facilitar a sua dinâmica nos mercados interno e externo, como na importação de máquinas e equipamentos, colaborando para a formação bruta de capital fixo.


Palavras-chave


Desindustrialização; câmbio; importação; setor industrial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.