SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE RIO DO SUL E OS RECURSOS PÚBLICOS APLICADOS NA REGIÃO NO PERÍODO DE 2004 A 2007

Luiz Alberto Neves

Resumo


O artigo em pauta apresenta uma perspectiva para a análise da atuação da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul, no período de 2004 a 2007, em comparação com o período de 2000 a 2003, em relação a recursos recebidos do Estado pela região, composta pelos seguintes municípios: Agronômica, Braço Trombudo, Laurentino, Mirim Doce, Pouso Redondo, Rio do Campo, Rio do Oeste, Rio do Sul, Salete, Santa Terezinha, Taió e Trombudo Central. Os diversos problemas regionais teoricamente não podem ser adequadamente examinados, sem adotar um tipo de enfoque centrado nos atores locais que observe como os diferentes grupos e categorias sociais percebem os processos e os problemas relacionados à região. O foco de atenção para deste artigo é o volume de recursos recebidos pela região após a implantação da SDR, a forma como será distribuído entre os municípios e qual o critério utilizado pelo Conselho de Desenvolvimento Regional no destino destes recursos. Utiliza-se a ótica de autores sobre o desenvolvimento regional para o entendimento de como a descentralização pode promover o desenvolvimento da região. Partindo-se deste marco teórico, apresentam-se dados relativos ao investimento do Estado na região que visa dinamizar a economia regional. Conclui-se que o volume de recursos aumentou consideravelmente para a região a partir da implantação da SDR embora pareça prevalecer a influencia política a direcioná-lo.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.