Ativismo em design: inovação social pelo movimento fashion revolution

Cariane Weydmann Camargo, Inaraí Trentini Trombini, Karine de Mello Freire

Resumo


Este estudo investigou de modo preliminar e exploratório a contribuição do ativismo de design para inovações sociais no contexto da moda sustentável em universidades brasileiras. A coleta se deu a partir de publicações científicas do principal fórum de pesquisa da área no país: o Colóquio de Moda, no período de 2016 e 2017, contando com artigos de iniciação científica, comunicações orais e grupos de trabalho. Também fora realizado um mapeamento das universidades que apresentaram pesquisas no tema da sustentabilidade e, através de sua localização, realizamos um comparativo com as unidades de ensino que dispunham de representantes do Movimento Fashion Revolution, a fim de verificar a influência dos atores desse Movimento nos locais em que se inserem. Buscou-se, portanto, identificar através da atuação dos especialistas em design uma promoção à conscientização social e, por meio da colaboração, a ativação de ecossistemas criativos e sustentáveis.


Palavras-chave


Design; Inovação.

Texto completo:

PDF/A

Referências


FLETCHER; GROSE (2011)

Manzini (2015)

VERGANTI, 2008; FRANZATO, et al, (2015)

von BUSCH (2012)

Hirscher (2013)


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

indexadores