Desenvolvimento de competências empreendedoras no curso de engenharia de materiais da UFSC.

Manuela Perleberg Nunes, Gabriela Gonçalves Silveira Fiates, Mariana Eleutério Ribeiro

Resumo


A universidade do século XXI passa a reconhecer como uma de suas atribuições o caráter empreendedor. Este artigo teve como objetivo analisar as competências empreendedoras desenvolvidas nos alunos do curso de graduação em Engenharia de Materiais da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. A metodologia desse trabalho seguiu uma abordagem qualitativa. Quanto aos fins, é classificada como descritiva. Os dados foram analisados pela técnica análise de narrativa. Com relação a competências empreendedoras foi utilizado o modelo proposto por Cooley, para definir quantas e quais são tais competências. Verificou-se que os alunos do curso desenvolvem 10 atitudes das 30 referenciadas e 7 competências das 10 referenciadas. 


Palavras-chave


Competências Empreendedoras; Universidade Empreendedora; empreendedorismo

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALLES, Martha Alicia. Desarrollo del talento humano basado en competencias. Ediciones Granica SA, 2005.

ALVES, Lourdes. Competências individuais em organizações do conhecimento: um estudo nas instituições particulares e comunitárias de Santa Catarina. 2009. 104 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) – Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

AUDY, Jorge Luís Nicolas. Entre a tradição e a renovação: os desafios da universidade empreendedora. A Universidade no Brasil: concepções e modelos, 2006.

BOLSON, E. L. Faculdades produzem desempregados. 2005.

CHERNOW, Robert A. CAPÍTULO 5 EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR AMERICANA. Innovation and Entrepreneurialism in the University, 2006.

CLARK, Burton. Em busca da universidade empreendedora. Inovação e empreendedorismo na universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006.

COOLEY, Lawrence. Entrepreneurship training and the strengthening of entrepreneurial performance. Final Report. Contract No. DAN-5314-C-00-3074-00. Washington: USAID, 1990.

DUTRA, Joel Souza; FLEURY, Maria T. Leme; RUAS, Roberto. COMPETÊNCIAS Conceitos, métodos e experiências. 2. ed. São Paulo: Atlas 2010. 303 p.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de Pessoas. 7. ed. São Paulo: Atlas 2009. 210 p.

ETZKOWITZ, Henry. The norms of entrepreneurial science: cognitive effects of the new university–industry linkages. Research policy, v. 27, n. 8, 1998.

FLEURY, M. T. L.; FLEURY, A. Construindo o conceito de competência. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, edição especial, p. 183-196, 2002.

LE BOTERF, Guy. Ingénierie et évaluation des compétences. Editions Eyrolles, 2011.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de Recursos Humanos. 13. Ed. São Paulo: Saraiva, 2009. 332 p.

MCCLELLAND, David Clarence. A Sociedade Competitiva Realização e Progresso Social. Expressão e Cultura, 1972.

MORA, José-Ginés. O processo de modernização das universidades européias: o desafio da sociedade do conhecimento e da globalização. AUDY, Jorge Luis Nicolas; MOROSINI, Marília Costa. Inovação e empreendedorismo na universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 116-142, 2006.

MORALES, Sandro Afonso. Relação entre competências e tipos psicológicos junguianos nos empreendedores. 2004. 199 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

RICHARDSON, R.J. et al. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SÁBATO, Jorge; BOTANA, Natalio. La ciencia y la tecnología en el desarrollo futuro de América Latina. Revista de la Integración, v. 1, n. 3, p. 15-36, 1968.

SCHUMPETER, Joseph Alois. Teoria do desenvolvimento econômico. Fundo de Cultura, 1961.

SPENCER, Lyle M.; SPENCER, Phd Signe M. Competence at Work models for superior performance. John Wiley & Sons, 2008.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

indexadores