Reflexões sobre educação no trabalho com profissionais de saúde no hospital: uma compreensão fenomenológica

Rosilda Veríssimo Silva, Waçter Ferreira de Oliveira

Resumo


Ensaio desenvolvido a partir da tese de doutorado em Saúde Coletiva apresentando as características gerais dos participantes, os quais têm parte de suas narrativas dialogando em um encontro entre todos eles e a pesquisadora. Foram audiogravadas duas entrevistas em profundidade com doze profissionais de saúde com vínculos empregatícios em hospitais de Santa Catarina. A apreensão das características emergiu após consecutivas leituras e escutas de cada entrevista para elaborar o texto inicial dos resultados na pesquisa. Destaca-se a fenomenologia existencial de Heidegger como método para a compreensão do fenômeno educativo no trabalho. Os colaboradores mostraram a atividade educativa como um ente que os auxilia na manutenção do trabalho e que precisa ser melhorada para atender as expectativas.



Palavras-chave


Fenomenologia; Existencialismo; Educação continuada.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.