Intervenções em saúde mental na estratégia Saúde da Família: uma revisão integrativa

Felipe Sávio Cardoso Teles Monteiro, Denilson da Silva Gomes

Resumo


RESUMO

 

O estudo teve como objetivo avaliar as evidências disponíveis sobre as intervenções dos profissionais da Estratégia Saúde da Família em saúde mental. Foi desenvolvida uma revisão integrativa da literatura científica, por meio das bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SCIELO), em que foram recuperados 08 artigos no período compreendido entre 2007 a 2014, utilizando os descritores em saúde: saúde mental, estratégia saúde da família e profissionais. As publicações evidenciam limites para a abordagem da saúde mental, pouco manejo com a temática e à priorização das ações em outras áreas. Os resultados obtidos indicaram que é pertinente assumir a saúde mental como uma interface de diálogo entre os profissionais, priorizando encontros voltados à sensibilização, capacitação, suporte de casos e atendimento compartilhado em saúde mental, bem como a articulação da rede de serviços inte­grada e que atenda as demandas sociais.


Palavras-chave


Profissionais; Estratégia Saúde da Família; Saúde Mental.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.