Por uma reabilitação psicossocial com cidadania: perfil e situação de vida de egressos de internações psiquiátricas em Mato Grosso do Sul

Renata Bellenzani, Pedro Junior Rodrigues Coutinho, Vitor Corrêa Detomini

Resumo


A escassez de informações sobre egressos de internações psiquiátricas - situação de saúde e vida - impossibilitam analisar sua reabilitação psicossocial, cujas definições variam quanto à ênfase na restauração do funcionamento prejudicado do indivíduo ou na promoção da cidadania. Objetivos: Quantificar pessoas de Paranaíba-MS, internadas (2008 a 2011) em um hospital psiquiátrico credenciado ao SUS; verificar as hipóteses diagnósticas atribuídas; comparar subgrupos (transtornos mentais gerais versus álcool/drogas) quanto a indicadores de reabilitação psicossocial e cidadania. Método: Estudo quantitativo descritivo: sistematização/análise de dados secundários; entrevistas estruturadas domiciliares com subamostra de egressos (56). Resultados: 306 pessoas, maioria homens, internadas no período - 68% dessas, uma vez. 50,3 % por transtornos de humor/orgânicos/psicóticos; 42,5% por síndromes (abstinência/dependência química). Embora a maioria dos entrevistados tivesse relativa autonomia, atividades sociais e acesso a serviços de saúde e medicamentos (inferior para os internados por álcool/drogas), a falta de cidadania do conjunto indica vulnerabilidade social por baixa renda, escolaridade e inserção no trabalho (41% renda pessoal até um salário mínimo; 53% analfabetos/ensino fundamental incompleto; 75% fora do mercado). A exclusão educacional e profissional foi maior entre os internados por abuso de álcool/drogas. 69,6% dos 56 declararam uso de substâncias - a maioria (41%) de múltiplas drogas (álcool/maconha/cocaína/crack). 35% dos egressos sem diagnósticos de síndrome de dependência/abstinência (transtornos mentais gerais) afirmaram uso de múltiplas drogas. Para efetiva reabilitação psicossocial necessita-se, além do cuidado médico, atenção psicossocial pós-alta, ações de redução de danos, políticas públicas intersetoriais de inclusão cultural, educacional e profissional, insuficientes na cidade pesquisada e no país. 


Palavras-chave


Hospitais Psiquiátricos; Reabilitação; Alta do Paciente; Síndrome de Abstinência a Substâncias; Dependência.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.