CAPS AD e Alcoólicos Anônimos: o processo de tratamento sob o ponto de vista dos usuários

Joao Emilio da Silva Carvalho, Daynara Bublitz Milanez Liotti, Maria Celina Ribeiro Lenzi

Resumo


O alcoolismo tem sido indiscutivelmente uma das grandes problemáticas que entrelaçam as estruturas da sociedade contemporânea. Sua incidência tem alarmado as autoridades competentes e os resultados tem sido devastadores na estrutura do indivíduo  acometido por esta dependência. O presente artigo tem por objetivo compreender como se dá o processo de tratamento sob o ponto de vista dos dependentes alcoólicos, vinculados a dois diferentes grupos de tratamento no serviço de saúde mental - Centros de Atenção Psicossocial ao Usuário de Álcool e Outras Drogas – o CAPS ad e os Alcoólicos Anônimos- AA. Esta é uma pesquisa de natureza qualitativa de campo exploratório descritivo. Foram entrevistadas dez pessoas adultas, cinco em tratamento no CAPS ad e cinco integrantes de um grupo de Alcoólicos Anônimos. Os resultados apontam que a busca de tratamento se dá principalmente por fatores intrínsecos do dependente somado ao apoio familiar. Os integrantes dos AA encontram no grupo, na abstinência total e na espiritualidade sua fonte de recuperação, já os usuários do CAPS ad apoiam-se na equipe do serviço e na medicação. O que dificulta o tratamento para ambos os grupos são as influências negativas do seu meio social e o estigma encontrado na sociedade. 


Palavras-chave


Alcoolismo; Tratamento; CAPS ad; Alcoólicos Anônimos.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.