Ensaio: A via política como prática de saúde mental e forma de superar o mal-estar

Luís Giorgis Dias

Resumo


O presente ensaio discute o mal-estar na civilização brasileira apresentado por Joel Birman em seu livro “Arquivos do mal-estar e da resistência” e discute a organização coletiva como também uma prática profissional que promove a saúde mental, a consolidação dos direitos humanos e a criação de vias de superação do mal-estar, suas causas e seus desdobramentos, baseado na experiência prática com o Grupo de Amigos e Familiares de Pessoas em Privação de Liberdade. Ao final uma breve reflexão sobre a incapacidade do profissional enxergar este âmbito como também de sua responsabilidade técnica e profissional em saúde pública.


Palavras-chave


Mal-estar; Psicanálise; Saúde mental; Prisão; Direitos humanos.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.