A Capacidade Absortiva e o conhecimento organizacional na transformação rural: um estudo com cooperados do Rio Grande do Sul

Rafael Gonçalves Abdala, Roseli Azambuja Barbosa, Erlaine Binotto, Carolina Vilella Castelo Branco Oliveira, Genifer Fonteles dos Santos

Resumo


Objetivo: O objetivo deste artigo foi analisar o compartilhamento do conhecimento e a capacidade absortiva como fatores determinantes na aprendizagem e divulgação de práticas inovadoras em propriedades rurais.

Metodologia A pesquisa foi exploratória e descritiva com abordagem quantitativa. Os sujeitos da pesquisa são os atores presentes em cooperativas do Rio Grande do Sul.

Resultados: Constatou-se que o compartilhamento de conhecimento está relacionado a capacidade absortiva percebida nos produtores e esta foi potencializada pela similaridade, desafios e objetivos. A cooperativa possui um papel de fornecedor de informações e integrados interesses comerciais dos cooperados. Observou-se que a informalidade e encontros casuais facilitam a transferência de conhecimento tácito.


Palavras-chave


Gestão do conhecimento; Confiança; Transferência de Conhecimento; Rural; Cooperativismo.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre