Descoberta de Conhecimento em Dados Abertos sobre Acidentes de Trânsito com Ciclistas em Porto Alegre

Daniele Carvalho dos Santos, Daniel Garcia Vianna, Fabrício Reichert dos Santos, Ivan Krás Borges Schardosim, Daniela Francisco Brauner

Resumo


Objetivo: Este artigo descreve a aplicação da técnica de descoberta de conhecimento em bancos de dados em cima de um conjunto de dados abertos sobre acidentes envolvendo ciclistas em Porto Alegre. O principal objetivo do trabalho é obter informações a partir dos dados que permitam entender as ocorrências. Para tanto, foi escolhido como período de abrangência de acidentes aqueles ocorridos em um período de cinco anos, entre 2011 e 2015.

Design/Metodologia/Abordagem: Esse estudo foi realizado seguindo as etapas do processo de descoberta de conhecimento em bancos de dados, com a utilização de algoritmos de mineração de dados através da ferramenta Weka, bem como de visualização de resultados via dashboards criados na ferramenta Qlik Sense.

Resultados: Com o uso da mineração de dados foi possível analisar as localidades onde a ocorrência de acidentes envolvendo ciclistas foi maior, utilizando a divisão da cidade de Porto Alegre em regiões. Podendo constatar uma maior incidência de acidentes envolvendo dois ou mais ciclistas na região sul da cidade.

Originalidade/valor: Sua originalidade se justifica ao trazer uma experiência prática do uso de dados abertos sobre acidentes para descoberta de conhecimento sobre acidentes de bicicleta, demonstrando o valor no uso de dados como apoio à tomada de decisões pelo poder público. 


Palavras-chave


Acidentes de trânsito; Ciclistas; Descoberta de conhecimento em bancos de dados; Mineração de dados.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre