Os processos de gestão do conhecimento influentes na inovação organizacional

Ana Isabel P. L. Pereira Torres, Silvana dos Santos Ferraz, Helena Santos-Rodrigues, Florinda Matos

Resumo


Objetivo: Este estudo é uma investigação empírica que propõe e testa um modelo dos “Processos de gestão do conhecimento influentes na inovação organizacional”.

Design/Metodologia/Abordagem: Os dados utilizados foram obtidos de uma amostra de organizações de diferentes sectores de atividade e recolhidos através da aplicação de um questionário eletrônico.

Resultados: Os resultados da análise fatorial identificam a dimensão Processos e duas dimensões que representam a Inovação – “Inovação de produtos e processos” e “Inovação de mercado”. Os resultados do modelo de regressão demonstram que os processos de gestão do conhecimento têm uma influência positiva em ambos os fatores da Inovação, mas contribuem mais significativamente para explicar a “Inovação de mercado” do que a “Inovação de produtos e processos”. A maior parte dos resultados e conclusões são consistentes com outras investigações antecedentes.

Originalidade/valor: Apesar da crescente importância da inovação e de processos nas organizações, a existência de estudos empíricos que investiguem a influência dos processos da gestão do conhecimento na inovação é escassa. Para suprir essa lacuna, a presente investigação apresenta um contributo distinto: testar empiricamente a influência dos Processos de Gestão do Conhecimento na Inovação Organizacional, com o objetivo de identificar as dimensões percetuais dos Processos e da Inovação Organizacional e examinar as suas relações causais.


Palavras-chave


Gestão do Conhecimento; Processos; Inovação de Produtos e Processos; Inovação de Mercado; Organizações

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre