Estudo de campo sobre Gestão de Riscos Corporativos em empresas participantes de um Parque Científico e Tecnológico

Ana Paula Beck da Silva Etges, Joana Siqueira de Souza

Resumo


A aplicação de modelos de Gestão de Riscos Corporativos em empresas de pequeno porte e em ambientes de Parques Científicos Tecnológicos (PCT) representa um tema ainda pouco explorado na literatura, bem como aplicado nas empresas. Este estudo tem por objetivo a realização de um Estudo de Campo para identificação das práticas de Gestão de Riscos de uma amostra de empresas participantes de PCT - o TECNOPUC -, visando verificar como elas se comportam perante aos riscos aos quais estão expostas. Para isto, foi utilizada a ferramenta de entrevista semiestruturada em empresas instaladas no referido PCT. Como principais resultados, identificou-se uma semelhança entre riscos levantados e um perfil propenso ao risco entre as empresas entrevistadas e que compõem a amostra do estudo. Por fim, constatou-se o interesse por parte das organizações no tema abordado, através da unanimidade de respostas no que diz respeito à importância da realização de práticas de Gestão de Riscos Corporativos, o que eleva as oportunidades de aprofundamento de estudos nesta área de pesquisa.

Palavras-chave


Gestão de Riscos Corporativos; Parque Científico e Tecnológico; Modelo MIGGRI

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre