Gestão da sustenteabilidade: Compostagem otimizada em resíduos sólidos orgânicos com a utilização de metodologia enzimática na implantação de uma usina de compostagem de lixo no município de Santa Juliana/MG

Mirian Loureiro Fialho, Luiz Antônio Alves Pereira

Resumo


Este trabalho intenta propor um estudo sobre os aspectos inerentes à utilização de enzimas na compostagem acelerada de resíduos sólidos orgânicos decorrentes dos resíduos urbanos, através de um estudo detalhado da implantação de uma usina de compostagem otimizada por enzimas, no município de Santa Juliana em MG, transformando os RSUs em um fertilizante com características organominerais. O procedimento metodológico empregado consistiu na transformação acelerada por ação enzimática dos resíduos orgânicos gerados durante a disposição final diária praticada no município, em um composto organomineral. Foram também avaliados, de acordo com as análises de dados fornecidas, os aspectos de aproveitamento dos resíduos gerados para a compostagem, manifestando um enorme potencial para a minimização da disposição destes resíduos. A conclusão aponta para a fundamental importância de se implantar ferramentas que possibilitem em primeiro plano a conscientização ambiental da comunidade na separação de resíduos, e em segundo plano contribuir com uma solução ambientalmente correta no tocante à disposição final de resíduos orgânicos urbanos, assim como a produção de um excelente composto organomineral para a utilização agrícola local.

Palavras-chave


Resíduo sólido urbano; Orgânicos; Disposição final; Compostagem otimizada; Fertilizantes; Organocomposto; Organomineral.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre