ANÁLISE DO CUSTO DE FABRICAÇÃO DE BRIQUETES DE BIOMASSA FLORESTAL

Bibiana Porto da Silva, Ana Cristina Ruoso, Nattan Roberto Caetano

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade dos briquetes e o consumo de energia (kWh/ton) necessário para o funcionamento da briquetadeira utilizando resíduos florestais. Os briquetes foram produzidos utilizando duas classes de resíduos florestais classificadas como: cavacos e lascas de Eucalyptus spp. (classe E), e cascas de Pinus taeda (classe P), provenientes de indústrias de papel e celulose. A qualidade foi analisada tendo como referência as seguintes propriedades: teor de umidade, densidade a granel, poder calorífico, densidade aparente e energética dos briquetes. O consumo de energia foi estudado realizando medidas de potência ativa, reativa e fator de potência em função do tempo, sendo que a potência ativa em função do tempo é que efetivamente produz trabalho. O consumo energético para a fabricação dos briquetes foi estimado em: cavacos e lascas de Eucalyptus spp. foi de 523,46 kWh/ton e para o resíduo de casca de Pinus taeda de 860,00 kWh/ton. O briquete classe P produz um trabalho maior pelo fato de apresentar maior volume.

Palavras-chave


Biomassa Florestal; Briquetes; Energia Renovável.

Texto completo:

PDF

Referências


BOUNDELLE, G. M.; CHIES, D.; MARTINS, D. G. O processo de fabricação de painéis compensados no Estado do Paraná analisado por meio dos rendimentos e dos resíduos gerados. In: congresso ibero-americano de pesquisa e desenvolvimento de produtos florestais, 2., 2002, Curitiba. Anais. Curitiba: UFPR, 2002. Disponível em: < http://www.remade.com.br> . Acesso em: 12 nov. 2016.

DEVES, R.; FRANCIO, N. A importância do aproveitamento dos resíduos de madeira como alternativa de energia renovável da Empresa briquetes Alto da Glória. 2007. Disponível em: < http://sinop.unemat.br/projetos/ciclodepalestrasemcsa/historico/1/02.pdf >. Acesso em: 15 de nov. 2016.

FOELKEL, C. E. B. Utilização da Biomassa do Eucalipto para Produção de Calor, Vapor e Eletricidade Parte 1: Biomassa Florestal & Florestas Energéticas. In: Eucalyptus Online Book & Newsletter, 2016.

GENTIL, L. V. B. Tecnologia e economia do briquete de madeira. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Publicação EFL TD. Departamento de Engenharia Florestal. Universidades de Brasília. Brasília. DF, 195p. 2008.

HART, Daniel W. Eletrônica de potência: análise e projetos de circuitos. Porto Alegre: Bookman. XVI, 478 p. 2012.

IRWIN, J. David. Análise de circuitos em engenharia. 4a ed. São Paulo: Makron Books do Brasil, 2004. 848 p.

JARA, E.R.P. O poder calorífico de algumas madeiras que ocorrem no Brasil. São Paulo: Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT, 1989.

LEANDRO, M. R. Briquetagem Visando Utilização De Resíduos De Uma Serraria. Monografia apresentada ao Departamento de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Espírito Santo, como requisito parcial para obtenção do título de Engenheiro Industrial Madeireiro, 37 p., 2011.

MERTENS JR, E. A. Analise e aplicação de compensação reativa em redes secundaria de distribuição com cargas não lineares. Dissertação de mestrado (Mestrado em Engenharia Elétrica) – Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, 169 f, 2008.

MFRURAL, O agronegócio passa por aqui. 2017. Disponível em: < http://www.mfrural.com.br/detalhe/briquetes-e-pellets-de-madeira-pinus-eucalipto--129609.aspx>. Acesso em: 16 de jul. de 2017.

MIGLIORINI, A. J. Desinficação de biomassa florestal. Série Técnica IPEF, Piracicaba, v.1, n.2, p.C.1 – C.9, Jul.1980.

PAULA, L. E. R. Produção e avaliação de briquetes de resíduos lignocelulósicos. Dissertação de mestrado (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Universidade Federal de Lavras, Lavras-MG, 2010.

QUIRINO, W. F. et al. Poder calorífico da madeira e de materiais lignocelulósicos. Revista da Madeira, n.89, p.100-106, 2005.

SILVA, M. T. C Análise do balanço entre sequestro e emissão de CO2 resultante do circuito de produção e consumo de biomassa florestal numa central de co-geração. 129 p. Dissertação (Mestre em Bioenergia). Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2009.

SOARES, T. S.; CARNEIRO, A. C. O.; GONÇALVES, E. O.; LELLES, J. G. Uso da biomassa florestal na geração de energia. Revista científica eletrônica de engenharia florestal. Ano IV, n 08, agosto. de 2006.