Um estudo sobre a qualidade de vida no trabalho (QVT) e os fatores associados

Ana Carolina Cozza Josende da Silva, Juliana Haetinger Furtado, Roselaine Ruviaro Zanini

Resumo


A Qualidade de Vida no Trabalho tem ganhado importância no cenário atual. Onde o trabalho tornou-se de grande relevância na vida das pessoas e pode afetar positiva ou negativamente a qualidade de vida destes indivíduos. Sendo que, durante muito tempo, ao falar-se em qualidade nas empresas, enfatizava-se principalmente a produção. Hoje se fala não apenas em qualidade no trabalho. Mas também em qualidade de vida dos funcionários. E está diretamente ligada com a sua satisfação. Dessa forma, fazendo com que seja necessária a criação de um ambiente em que todos se sintam bem. Com base nesse contexto, este estudo se caracteriza por ser uma pesquisa bibliográfica, do tipo exploratório em artigo e livros publicados sobre Qualidade de Vida no Trabalho. Bem como, uma abordagem sobre o instrumento que avalia a Qualidade de Vida no Trabalho. Este chamado de Quality of Working Life Questionnaire QWLQ – 78, desenvolvido a partir de indicadores que exercem influência sobre a Qualidade de Vida no Trabalho. Sendo composto por 78 questões distribuídas em quatro domínios: Físico/Saúde, Psicológico, Pessoal e Profissional. Tal questionário aqui comentado será aplicado, posteriormente, em um Instituto Federal de Ensino, para realização de uma análise dos fatores que afetam a qualidade de vida no trabalho no mesmo. Com os resultados encontrados espera-se elucidar as questões relacionadas ao tema em questão, contribuindo com gestores em possíveis tomadas de decisão.


Palavras-chave


Qualidade de vida; Trabalho; QWLQ – 78

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALBUQUERQUE, L.; FRANÇA, A. Estratégias de recursos humanos e gestão da qualidade de vida no trabalho: o stress e a expansão do conceito de qualidade total. Revista de Administração da USP – RAUSP, v. 33, n. 2, abr/jun. 1998, p. 40-51.

ANDUJAR, A. M. Modelo de qualidade de vida dentro dos domínios bio-psico-social para aposentados. 206 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

CATAPAN, A.; BONFIM, B. L. S.; PANUCCI FILHO, L.; OLIVEIRA, E. G. de; VILA, E. W.; REIS, E. B. dos. Qualidade de Vida no Trabalho (QVT): uma análise em professores do Ensino Médio e Superior do Brasil. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, Ponta Grossa, v. 6, n. 2, p. 130-138, jan./mar. 2014.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. 9. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

DUTRA, Roseli de Fátima. Qualidade de vida no Trabalho: o caso de uma cooperativa médica de um hospital universitário mineiro. Dissertação de mestrado. Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, 2008.

FAYOL, Henri. Administração industrial e geral: previsão, organização, comando, coordenação e controle. 10. ed. São Paulo: Atlas, 1994,138p.

FERNANDES, E. C. Qualidade de vida no trabalho: como medir para melhorar. 2. ed. Salvador/BA: Casa da Qualidade, 1996.

FERREIRA, M.C. Qualidade de Vida no Trabalho: QVT. In: CATTANI, A.D.; HOLZMANN, L. (orgs). Dicionário de Trabalho e Tecnologia. Porto Alegre: UFRGS, 2006.

FLECK, M. P. A. et al. Desenvolvimento da versão em português do instrumento de avaliação de Qualidade de Vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL – 100). Revista Brasileira Psiquiatria, v. 21, p. 19-28, 1999.

FONSECA, Regina Célia Veiga da. Como elaborar projetos de pesquisa e monografias:guia prático. Curitiba: Imprensa Oficial, 2007.

GIL, A. C. Gestão de Pessoas. São Paulo: Atlas S.A., 2006.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GRANDE, A. J.; SILVA, V.; MANZATTO, L.; ROCHA, T. B. X.; MARTINS, G. C.; VILELA JUNIOR, G.B.Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v.19, n.5, p.371-375, out 2013.

HACKMAN, J. Richard; OLDHAM, Greg R. Development of the Job Diagnostic Survey. Journal of Applied Psychology. v. 60, n. 2, p. 159-170, 1975.

HANDY, Charles. A Era do Paradoxo. Dando um sentido para o futuro. São Paulo: Makron Books, 1995.

MEDEIROS, E. G. Análise da Qualidade de Vida no Trabalho: um estudo de caso na área da construção civil. Dissertação (Mestrado em Administração), Faculdade de Ciências Econômicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2002.

MOREIRA, Ramon Luiz Dias; ARAÚJO, Marcos Goursand. Os sete pilares da qualidade de vida. Belo Horizonte: Letras e Letras, 2005. 184.

OLIVEIRA, Lucia Barbosa de et al. Os Efeitos da Tecnologia Móvel sobre a Qualidade de Vida no Trabalho.Revista Gestão & Tecnologia, [S.l.], v. 15, n. 2, p. 161-185, out. 2015.

PRANEE, D.C. Quality of work life for sustainable development. The International Journal of Organizational Innvation, v. 2, n. 3, p. 124-137, 2010.

REIS JÚNIOR, Dálcio Roberto dos. Qualidade de Vida no Trabalho: construção e validação do questionário QWLQ-78. 114f. 2008. Dissertação. Engenharia de Produção, Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Ponta Grossa, Paraná, 2008.

RODRIGUES, M.V.C. Qualidade de vida no trabalho: evolução e análise no nível gerencial. Rio de Janeiro: Vozes, 1994.

ROEDER, M. A. Atividade Física, Saúde Mental & Qualidade de Vida. Rio de Janeiro: Shape, 2003.

SIVIEIRO, I. M. P. S. Saúde mental e qualidade de vida de enfartados. 2003. 111f. Tese (Doutorado) – Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, USP. São Paulo, 2003.

TIMOSSI, L.S.; FRANCISCO, A.C.; JUNIOR, G.S.; XAVIER, A.A.P. Análise da qualidade de vida no trabalho de colaboradores com diferentes níveis de instrução através de uma análise de correlações. Produção, v. 20, n. 3, p. 471-480, 2010.

VASCONCELOS, A.F. Qualidade de vida no trabalho: origem, evolução e perspectivas. Cadernos de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 08, n. 1, jan/mar, 2001.

VEIGA, Ainda. Tempos Modernos. Revista Veja. São Paulo: Editora Abril, edição 1643, ano 33, nº 34, p. 122-129, 2000.

WALTON, R. E. Quality of working life: what is it? Slow Managemente Review, Cambridge, v. 15, n. 1, p. 11-21, 1973.

WESTLEY, William A. Problems and Solutions in the Quality of Working Life. Human Relations, v. 32, p. 113-123, 1979.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2001.